Sair na frente outra vez

Site
joaquimfalcao.com.br
digital
August 26, 2019

Pernambuco saiu na frente na democratização de seu patrimônio cultural. Iniciou com Aloísio Magalhães e o conceito de referência cultural valorizando, por exemplo, o fazer utilitário da cerâmica de Amaro de Tracunhaém.

Marcos Villaça, na chefia do Iphan tombou o Terreiro Casa Branca em Salvador, o imaterial no material.

Foi o primeiro estado brasileiro a considerar seus artistas, artesãos, músicos como patrimônio vivo. Com a Lei Raul Henry protegeu e protege, entre outros, Lia de...

Carregar mais artigos

Joaquim Falcão

Joaquim Falcão. Copyright © 2018
Todos os direitos reservados