Arquivo da tag: eleitores

O Congresso quer enquadrar o Judiciário

Muitos deputados e senadores querem apagar o passado e descriminalizar o caixa dois. Têm duas táticas principais.

A primeira é óbvia. Querem dar ordem direta ao Judiciário. Para usar a expressão da moda, querem enquadrá-lo como se dissessem aos juízes: “De agora em diante, esqueçam quem pagou e como pagou minha campanha. Tratem de outros assuntos”.

Mudar as regras faz parte das tarefas constitucionais do Congresso. Mudar as regras para resolver casos concretos e já conhecidos, não. É querer influenciar a decisão judicial. É velada obstrução da Justiça. A lei não serve para tanto. Coloca em questão a independência dos Poderes. Continue lendo

O culpado é o eleitor

Existe quase um consenso sobre o culpado pela corrupção, pela ineficiência da administração pública, pelos déficits, pelos maus serviços públicos, pela violência. O culpado é o governo. Qualquer que seja. São os políticos. Alguns podem até ser. Mas apenas eles? Afinal, quem os coloca lá são os eleitores. Quem os escolhe são os eleitores. São representantes dos eleitores. Podem os eleitores lavar as mãos?

Muitos acreditam que sim. Votam em branco, nulo, não comparecem ou justificam a ausência. São as opções de não participação que a lei permite. Mas o voto tem uma característica muito especial. Tem duas faces. Uma positiva, outra negativa. Uma que afirma, outra que nega. Vejam essa disputa entre Freixo e Crivella. O voto é ao mesmo tempo uma escolha e uma não escolha. Quem escolhe Freixo, não escolhe Crivella. E vice-versa. Simples assim. Continue lendo

Da necessidade de conversar

Quais meios de comunicação mais influenciaram os eleitores na definição de seus votos? Algumas pesquisas indicam, em primeiro lugar, conversas com amigos. Em seguida, propaganda eleitoral em rádio e televisão, e, em terceiro, mídias sociais.

Rádio, TV e mídias sociais são meios tecnológicos que convergem e se misturam. Difícil separá-los. Indicam também as pesquisas que WhatsApp, SMS, Facebook e Twitter teriam sido decisivos no dia da eleição. Até mesmo na fila de votação. Continue lendo